Notice: rss.php is deprecated since version 3.0.0! Use wp-includes/class-simplepie.php instead. in /home2/arstraco/public_html/wp-includes/functions.php on line 3981

Strict Standards: Redefining already defined constructor for class ShadowboxTitlePush in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/shadowbox-js/shadowbox-title-push.php on line 54

Notice: add_custom_background está obsoleto desde a versão 3.4.0! Use add_theme_support( 'custom-background', $args ) em seu lugar. in /home2/arstraco/public_html/wp-includes/functions.php on line 3853

Notice: add_custom_image_header está obsoleto desde a versão 3.4.0! Use add_theme_support( 'custom-header', $args ) em seu lugar. in /home2/arstraco/public_html/wp-includes/functions.php on line 3853

Notice: O método construtor chamado para WP_Widget em JJ_NGG_JQuery_Carousel esta depreciado desde a versão 4.3.0! Utilize
__construct()
no lugar. in /home2/arstraco/public_html/wp-includes/functions.php on line 3916

Notice: O método construtor chamado para WP_Widget em JJ_NGG_JQuery_Cycle esta depreciado desde a versão 4.3.0! Utilize
__construct()
no lugar. in /home2/arstraco/public_html/wp-includes/functions.php on line 3916

Notice: O método construtor chamado para WP_Widget em JJ_NGG_JQuery_Slider esta depreciado desde a versão 4.3.0! Utilize
__construct()
no lugar. in /home2/arstraco/public_html/wp-includes/functions.php on line 3916

Notice: O método construtor chamado para WP_Widget em Graphene_Widget_Twitter esta depreciado desde a versão 4.3.0! Utilize
__construct()
no lugar. in /home2/arstraco/public_html/wp-includes/functions.php on line 3916
arstra - visualização e consultoria

set
17

Design de Interação – Solução alheia?


Notice: Undefined index: wp_twitter_display_archive in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/wp-twitter-retweet-button/wp-twitter-button.php on line 59

Notice: Undefined index: wp_twitter_display_category in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/wp-twitter-retweet-button/wp-twitter-button.php on line 59

Notice: Undefined variable: button in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/facebook-share-new/facebookshare.php on line 631

Notice: Undefined variable: content in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/facebook-share-new/facebookshare.php on line 636

Notice: get_usermeta está obsoleto desde a versão 3.0.0! Use get_user_meta() em seu lugar. in /home2/arstraco/public_html/wp-includes/functions.php on line 3853


O Design de interação tem uma grande importância na área de Design Gráfico porque o design de interação é para o profissional de design gráfico como para o ferreiro o martelo que defina a forma “do prego”, o visual, que pode entrar “na parede”, alcançar o público alvo, em uma forma fácil e ainda segura bem a mensagem que era para transmitir. Mas o ferreiro não fica reconhecido bem por seu trabalho, em contrario a profissão não está valorizada e é quase extinto, pelo menos eu, não conheço mais um ferreiro.
Como está descrição é difícil de interpretar para quem não sabe sobre o trabalho do ferreiro, só vê o prego na parede como resultado final sem pensar sobre a historia deste prego. Importante é que segura firme o que é para segurar. Este fenómeno o designer conhece muito bem, mas em relação ao ferreiro o design gráfico está evoluindo, se preparando para desafios que veem – o design de interação pode ser uma forma de prego que segura a profissão, talvez.

1. Design de Interação e a importância para o design gráfico.

Principalmente nos últimos anos, a forma do consumo da informação mudou radicalmente. A internet revolucionou nosso dia a dia e disponibiliza sempre mais informações que qualquer área e assunto. Como no começo da internet, a presença e a quantidade da informação oferecida era importante, hoje a qualidade e a forma adequada de oferecer e apresentar informações é essencial para ter uma presença valida. O consumidor/ usuário é muito mais exigente em relação à informação aceitada. A quantidade das informações causou uma evolução. Informações inadequadas, não somente na internet, estão sendo descartadas imediatamente, formamos prioridades de aceitação na escolha de qualquer material.
Seguindo desse movimento, o material, alias a informação, oferecida precisa ser trabalhada em uma forma mais exigente, adaptada para interagir com o publico alvo, gerar emoções etc., fazer aceitar a informação oferecida.

Leia mais »

ago
08

Estacionamento Inteligente


Notice: Undefined index: wp_twitter_display_archive in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/wp-twitter-retweet-button/wp-twitter-button.php on line 59

Notice: Undefined index: wp_twitter_display_category in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/wp-twitter-retweet-button/wp-twitter-button.php on line 59

Notice: Undefined variable: button in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/facebook-share-new/facebookshare.php on line 631

Notice: Undefined variable: content in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/facebook-share-new/facebookshare.php on line 636

Notice: get_usermeta está obsoleto desde a versão 3.0.0! Use get_user_meta() em seu lugar. in /home2/arstraco/public_html/wp-includes/functions.php on line 3853

Quem não conhece, entrar num estacionamento e procurar muito para encontrar uma vaga. A vontade de fazer o planejado se diminua com o tempo da busca de uma vaga para estacionar.
O Sistema APT acaba com isso e acompanha o cliente desde a entrada do estacionamento para indicar a vaga mais próxima.

Confira todas as vantagens, www.intelimotion.com.

 

Sem estresse achar uma vaga, Sistema APT

maio
30

Projeto Marco Zero – Estado atual


Notice: Undefined index: wp_twitter_display_archive in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/wp-twitter-retweet-button/wp-twitter-button.php on line 59

Notice: Undefined index: wp_twitter_display_category in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/wp-twitter-retweet-button/wp-twitter-button.php on line 59

Notice: Undefined variable: button in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/facebook-share-new/facebookshare.php on line 631

Notice: Undefined variable: content in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/facebook-share-new/facebookshare.php on line 636

Notice: get_usermeta está obsoleto desde a versão 3.0.0! Use get_user_meta() em seu lugar. in /home2/arstraco/public_html/wp-includes/functions.php on line 3853

Este video mostra o estado atual do projeto Marco Zero. O final deste projeto é registrar áreas ou edificações com  carater histórico em tecnologia 3D. Numa etapa mais adiante, o projeto vai mostrar também áreas com varias aparências históricas.


maio
05

Animação 3D – Projeto Marco Zero


Notice: Undefined index: wp_twitter_display_archive in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/wp-twitter-retweet-button/wp-twitter-button.php on line 59

Notice: Undefined index: wp_twitter_display_category in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/wp-twitter-retweet-button/wp-twitter-button.php on line 59

Notice: Undefined variable: button in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/facebook-share-new/facebookshare.php on line 631

Notice: Undefined variable: content in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/facebook-share-new/facebookshare.php on line 636

Notice: get_usermeta está obsoleto desde a versão 3.0.0! Use get_user_meta() em seu lugar. in /home2/arstraco/public_html/wp-includes/functions.php on line 3853

Marco Zero em 3D

 

abr
04

Punir e manter a motivação


Notice: Undefined index: wp_twitter_display_archive in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/wp-twitter-retweet-button/wp-twitter-button.php on line 59

Notice: Undefined index: wp_twitter_display_category in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/wp-twitter-retweet-button/wp-twitter-button.php on line 59

Notice: Undefined variable: button in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/facebook-share-new/facebookshare.php on line 631

Notice: Undefined variable: content in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/facebook-share-new/facebookshare.php on line 636

Notice: get_usermeta está obsoleto desde a versão 3.0.0! Use get_user_meta() em seu lugar. in /home2/arstraco/public_html/wp-includes/functions.php on line 3853

Uma das tarefas mais complexas e menos agradável é o ato da punição. Mas cuidado, punir errado pode afetar o clima  e o desempenho na instituição.

Independente da área, seja numa empresa, órgão público ou mesmo no militar, sempre que algo acontece gera uma perda de material, financeira ou na reputação da instituição.
Neste momento, cada um que identifica-se com a instituição está procurando o culpado.
Isto é uma característica forte da nossa espécie. Houve tempos onde pessoas se juntaram para julgar e executar imediatamente. Graças a nossa forma de conviver em uma sociedade moderna, isso não faz parte do nosso dia a dia.

O julgamento de crimes são tarefas de juízes que punem através da legislação em vigor e representam assim a constituição e o querer da população dentro de uma democracia. Altamente formado e sábio, os juízes são treinados a julgar em cima de conhecimentos de todas as circunstâncias e provas em uma maneira mais objetiva possível e, um vinculo com o acusado é proibido.
Na área profissional também existe em certas circunstâncias uma necessidade de punição. Mas quem vai julgar neste caso é o responsável da área onde aconteceu algo. Objetividade total, como um Juiz, não existe, nem, pelo menos na maioria dos casos, clareza absoluta sobre o acontecimento e tampouco tempo para investigação.

O que ainda mais dificulta é que não há uma medida da sentença para qualquer acontecimento.

Neste momento mostra-se a qualidade de um superior porque a sentença tomada será avaliada pelos superiores, tais como dos subordinados dele e pode mudar, em um momento só, a vida profissional do responsável.

A avaliação dos superiores é um momento só para ganhar mérito ou incompreensão.

Os subordinados vão utilizar este momento para uma avaliação do chefe e depende do resultado mudar o comportamento. Quando a punição era certa e justo na mente de todos os subordinados, o superior vai ganhar mais respeito e autoridade como líder do grupo. Se não, ele vai perder como líder e a motivação e o empenho do grupo vão cair.

Mas como pode evitar isto?

A resposta é relativamente simples, trabalho na base, conhecer os funcionários com todas as virtudes e defeitos sem perder a autoridade e o respeito do superior. Ser um exemplo em qualquer maneira e viver o que exige dos funcionários.

Assim gerar-se uma base forte de respeito, confiança e autoridade independente do cargo e fortalece suas decisões tomadas, mesmo sendo impopular.

A causa do acontecimento ainda precisa de atenção. Quando é claro quem foi o envolvido é muito importante avaliar objetivo sobre o caso para evitar uma decisão injusta.

As perguntas em seguir podem ajudar:

  • O dano aconteceu por causa de falta de educação e podia ser evitado com uma boa vontade?
  • O dano aconteceu por causa de falta de informações ou treinamentos do colaborador?

No primeiro caso uma punição forte é justificável e absolutamente necessária, também para estabelecer um exemplo e mostrar os limites.

No segundo caso, uma punição só seria conveniente quando qualquer outra pessoa, como exemplo, atuava em uma forma diferente para evitar o dano. E pense em uma revisão da política interna sobre a capacitação.

Após punição este caso não pode ser mais assunto, mas exige uma atenção maior para esta pessoa.

Lidar com pessoas e ter responsabilidade sobre as mesmas é sempre  um desafio muito grande.

Prazeroso fica quando um superior faz tudo certo. Fazer tudo certo em lidar pessoas exige muito trabalho e o mais importante é:

Para lidar com pessoas tem que gostar de conviver com elas.

 

abr
04

Visualização educacional em foco


Notice: Undefined index: wp_twitter_display_archive in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/wp-twitter-retweet-button/wp-twitter-button.php on line 59

Notice: Undefined index: wp_twitter_display_category in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/wp-twitter-retweet-button/wp-twitter-button.php on line 59

Notice: Undefined variable: button in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/facebook-share-new/facebookshare.php on line 631

Notice: Undefined variable: content in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/facebook-share-new/facebookshare.php on line 636

Notice: get_usermeta está obsoleto desde a versão 3.0.0! Use get_user_meta() em seu lugar. in /home2/arstraco/public_html/wp-includes/functions.php on line 3853

Notice: Undefined offset: 3 in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/wp-youtube-player/wp-youtube-player.php on line 85

Notice: Undefined variable: doing_rss in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/wp-youtube-player/wp-youtube-player.php on line 92

Tudo mundo está ouvindo quase diariamente que o sistema educacional do Brasil no está bem e isso preciso mudado com urgência. Claro, o primeiro passo seria treinar os professores e incentivar novos medias por este fim. Mas, o que falta muito para alcançar uma profundidade das matétrias aprendidas são ilustrações quais ajudem os professores de ensinar algo com muito mais facilidade e conseguir um nível mais alto na compreensão dos alunos. Vamos ajudar nos mesmos e facilitar a vida dos professores e a vida dos nossos filhos.

Um exemplo de uma visualização da área de tecnologia de veículos:

mar
19

Incêndio num prédio em Boa Viagem – Setubal


Notice: Undefined index: wp_twitter_display_archive in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/wp-twitter-retweet-button/wp-twitter-button.php on line 59

Notice: Undefined index: wp_twitter_display_category in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/wp-twitter-retweet-button/wp-twitter-button.php on line 59

Notice: Undefined variable: button in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/facebook-share-new/facebookshare.php on line 631

Notice: Undefined variable: content in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/facebook-share-new/facebookshare.php on line 636

Notice: get_usermeta está obsoleto desde a versão 3.0.0! Use get_user_meta() em seu lugar. in /home2/arstraco/public_html/wp-includes/functions.php on line 3853

Na noite de 18 a 19 de março 2011 um incêndio atingiu um prédio em Boa Viagem em Recife. Aqui umas fotos:


mar
10

Estado do Projeto Marco Zero


Notice: Undefined index: wp_twitter_display_archive in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/wp-twitter-retweet-button/wp-twitter-button.php on line 59

Notice: Undefined index: wp_twitter_display_category in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/wp-twitter-retweet-button/wp-twitter-button.php on line 59

Notice: Undefined variable: button in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/facebook-share-new/facebookshare.php on line 631

Notice: Undefined variable: content in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/facebook-share-new/facebookshare.php on line 636

Notice: get_usermeta está obsoleto desde a versão 3.0.0! Use get_user_meta() em seu lugar. in /home2/arstraco/public_html/wp-includes/functions.php on line 3853

Veja as últimas renderizações do projeto.

O avanço no projeto será mais lento por causa de outros projetos em andamento.

mar
10

Viagem para o passado, um outro mundo ou estamos voltando do futuro?


Notice: Undefined index: wp_twitter_display_archive in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/wp-twitter-retweet-button/wp-twitter-button.php on line 59

Notice: Undefined index: wp_twitter_display_category in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/wp-twitter-retweet-button/wp-twitter-button.php on line 59

Notice: Undefined variable: button in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/facebook-share-new/facebookshare.php on line 631

Notice: Undefined variable: content in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/facebook-share-new/facebookshare.php on line 636

Notice: get_usermeta está obsoleto desde a versão 3.0.0! Use get_user_meta() em seu lugar. in /home2/arstraco/public_html/wp-includes/functions.php on line 3853

Uma familia bem estruturada

Hoje gostaria de mostrar um exemplo bom de um programa de TV que se for aplicado, alias vivendo, quase somente traria benefícios para todos envolvidos.
Nem todos vão conhecer mais a série de televisão exibida a partir 1978 que contempla a vida de uma Família com sete crianças e três gerações vivendo numa casa. Esta série se chama com título original “The Waltons” e mostra a vida no interior dos Estados Unidos perto da crise econômica mundial aos anos 30 do século passado.
A série quer transportar os valores de uma família normal para está epoca nos Estados Unidos, éticamente correto, trabalhando duro para manter-se e focada na criação das crianças para eles conseguirem uma vida melhor. Internamente tudo está bem estruturado e organizado. O pai da família, governando, protegendo e lidando o grupo, é a pessoa central da família recebendo concelhos do pai dele. Os filhos, apoiado nos seus hábitos e dons, assumem sempre mais responsabilidade e ganham assim maturidade para ser preparado para a vida própria.

Mas porque falar sobre uma história que é fictivo e contar historias do último século. A resposta é simples como comprensível, se tratar valores, comportamento e a dinâmica de um grupo altamente sustentável vivendo na sintonia com a natureza.

Assim, como esta família está vivendo é o que como qualquer empresa quer funcionar:

1. Um objetivo fortemente direccionado e altamente aceitado.
2. Pessoas motivados com tarefas e metas intermediarias,  beneficiados pelo tempo e desenvolvimento pessoal.
3. Emocionalmente e pessoalmente apoiadas, acompanhadas em qualquer situação e treinados pelos mais experientes sem interferências pessoais.
4. Crescimento e fortalecimento pelo aumento do grau do conhecimento e confiança.
5. Comportamento e aparência externa claramente resolvida.
6. Processos internos como obrigações são claros e cada um domina a sua função.
7. Problemas estão sendos resolvidos imediatos entre o grupo ou seguindo das orientações claras do líder principal.
8. Pessoas de vários gerações  trocam informações compartilhando experiências entre si.
9. Todas atividades são em acordo com a preservação do meio ambiente.
10. Pessoas externas do grupo sempre estão tratados com respeito e objetividade.
11. Uma clara regulamentação, também pode ser chamado política, no caso de ocorrencia negativa com um contato externo, protege o grupo.

Isto tudo funciona bastante bem por causa de um relacionamento baseado ao respeito entre as pessoas e valores familiares quais estão na hirarchia em cima de qualquer valor material.

Hoje, o valor que fala mais alto de tudo é o poder aquisitivo. Dinheiro e, com isso, o consumo esta determinando nosso dia a dia. O consumo, especialmente a aquisição de objetos quais estão vistos como objeto de luxo, mudam muito o grau da aceitação dentro da sociedade.
Assim o juizo das pessoas e o comportamento é alinhado nisso e incentiva o individualismo para alcançar o que traz mérito. Infelizmente este comportamento esta se projetando para toda parte da vida e desqualifica valores quais não são baseados em bens materiais.

Por causa que bons empregados sempre ficam mais raros no mercado e que resta mais tempo atraves dos novos metodos de processar e filtrar informações nasceu uma nova tendência.

Empresas com administrações  modernas estão começando a  incentivar os valores famliares para manter os bons funcionários.
Elas estão oferecendo qualidade da vida como mais tempo com a família, facilidades na educação das crianças e empregabilidade dos parceiras etc.

Assim se estabelece um ambiente familiar melhor causado por o empregador e tem como resultado um melhor empenho no trabalho, uma determinação maior e evita conflitos internos na empresa pela identificação e aceitação da família inteira com o empregador e os produtos.

Vamos torcer que vai chegar logo ao Brasil e melhorar a nossa toda qualidade da vida 🙂

mar
09

Cuidado com seu dados em discos SSDs


Notice: Undefined index: wp_twitter_display_archive in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/wp-twitter-retweet-button/wp-twitter-button.php on line 59

Notice: Undefined index: wp_twitter_display_category in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/wp-twitter-retweet-button/wp-twitter-button.php on line 59

Notice: Undefined variable: button in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/facebook-share-new/facebookshare.php on line 631

Notice: Undefined variable: content in /home2/arstraco/public_html/wp-content/plugins/facebook-share-new/facebookshare.php on line 636

Notice: get_usermeta está obsoleto desde a versão 3.0.0! Use get_user_meta() em seu lugar. in /home2/arstraco/public_html/wp-includes/functions.php on line 3853

Olá, pessoal! Pesquisando em revistas, fóruns e sites conceituados, resolvi fazer um resumo e acrescentar alguns comentários sobre um problema que pode ser desconhecido para muitos, que é a confidencialidade das informações quando discos SSD precisam ser descartados. Boa leitura!

A nova (nem tão nova assim) tecnologia para discos em estado sólido (SSD) vem se mostrando bastante atraente principalmente pelas vantagens em adquirir discos SSD. Entre elas a alta performance em relação aos discos magnéticos, resistência à vibrações e choques, economia de energia, baixo consumo e etc. Mas como tudo que surge como uma promessa revolucionária, a tecnologia SSD tem seu lado obscuro. Um estudo realizado pela Universidade de San Diego, na Califórnia, revelou que alguns especialistas suspeitam que livrar-se de dados em discos SSD pode ser uma tarefa mais complicada que em discos rígidos magnéticos comuns. Este estudo revelou que se livrar, ou melhor dizendo, apagar por completo todos os dados num disco SSD pode ser uma tarefa praticamente impossível. Uma maneira de apagar por completo as informações de discos rígidos SSD é aplicar o que se conhece por deleção criptográfica. Funciona mais ou menos assim: as informações são criptografadas no disco e a chave (uma AES de 128 bits) fica gravada no disco, assim quando chegar o fim da vida útil do mesmo o usuário conhecedor da chave pode apagá-la impedindo o acesso às informações, salvo claro que o interessado consiga quebrar a criptografia AES de 128 bits. Vale ressaltar aqui que o fato de utilizar uma criptografia AES de 128 bits não é garantia de segurança 100%, pois vai depender muito de como a mesma é implementada. Essa importância é grande, porque a maioria esmagadora das pessoas não gosta de usar senhas longas suficiente para uma geração de chaves seguras. Se o usuário não “setar” uma senha de 16 ou de 32 caracteres, necessárias para as criptografias de 128 ou de 256 bits, respectivamente, todos os caracteres faltantes viram zeros, o que pode vir a ser uma séria falha de segurança. Outro problema similar pode também ser observado nos populares pen drives. Outro estudo revelou que entre 0,57% e 84,9% das informações nesses dispositivos permaneciam nos drives, mesmo após terem sido sobrescritas. Já, os ditos superados discos magnéticos, podem através de técnicas mais eficazes (e mais simples) ter seus dados completamente apagados. Como exemplo, um pulso magnético ou softwares que reescrevem todas as formações magnéticas (zero fill) são maneiras de deixar antigos dados realmente irrecuperáveis. Se quiser veja o documento denominado “Reliably Erasing Data from Flash-Based Solid State Drives” onde os pesquisadores esclarecem que: “todos os protocolos de deleção de informações por sobrescrita falharam nos testes: entre 4% e 75% dos dados permaneciam nos dispositivos SSD”. Por enquanto parece que gravar dados sigilosos em discos SSD vem a ser algo que ainda inspira cautela, principalmente porque a não recuperação desses dados após um descarte está ainda em estudo.

Posts mais antigos «